Equipe da Folha é rendida por homens armados…

abril 22, 2012 em Acompanhe

Fonte: Folha.com

Equipe da Folha é rendida por homens armados no sul da Bahia

21.04.2012
Folha de São Paulo – Poder
DO ENVIADO A PAU BRASIL (BA)

Milícias armadas controlam trecho de uma estrada rural que corta a área de conflito entre índios pataxó hã hã hãe e fazendeiros em Pau Brasil, no sul da Bahia.

Ontem, a reportagem da Folha foi rendida por um grupo de pelo menos 12 homens armados com escopetas e revólveres. Alguns deles estavam encapuzados.

Sob a mira de armas, o repórter-fotográfico Joel Silva, 46, e o motorista Igor Correia, 25, foram obrigados a descer do carro, revistados e deitarem-se na estrada de terra olhando para o chão.

Rendidos, os dois foram interrogados sobre quem eram e o que estavam fazendo na região. O equipamento fotográfico também foi vistoriado e trancado no porta-malas do carro da reportagem.

A ação durou cerca de sete minutos e os dois foram expulsos do local sob ameaça de serem alvejados se tentassem identificar ou fotografar os homens armados.

Poucos quilômetros adiante, o carro foi novamente parado por um grupo de sete homens, que saiu do mato. Pelo menos um deles estava armado. Após se identificar, a equipe deixou o local.

O caso foi registrado na Polícia Civil de Pau Brasil e relatado à Polícia Federal.

Índios e fazendeiros se acusam mutuamente de terem pistoleiros a seu serviço.

Os proprietários rurais negam publicamente que tenham contratado seguranças para coibir novas invasões.

Pedindo para terem a identidade preservada, três fazendeiros admitiram à Folha que há possibilidade de uma tentativa de expulsar os índios das fazendas invadidas.

Os fazendeiros temem que, se os índios pataxós permanecerem durante muito tempo nas áreas invadidas, isso pode criar uma “situação consolidada”, capaz de influenciar o julgamento do Supremo Tribunal Federal sobre a validade dos títulos de propriedade concedidos pelo governo da Bahia.

(GR)