19 DE ABRIL: DIA DE HOMENAGEM E DE LUTA
19.04.2011

A Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas realizou Sessão Especial em Comemoração ao Dia Nacional do Índio.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Nicolau, parabenizou o Estado do Amazonas, pela criação da SEIND-Secretaria de Estado para os Povos Indígenas, e definiu a sessão como "uma justa homenagem” aos povos indígenas por sua história, cultura e pelo sangue indígena que todos os brasileiros têm nas veias."

De acordo com os parlamentares, a Comissão de Direitos Humanos,
Cidadania e Assuntos Indígenas da Assembleia Legislativa do Amazonas está à disposição dos povos indígenas. Na ocasião a COIAB foi homenageada pela casa.

Com a palavra, Sonia Guajajara, vice coordenadora da COIAB, destacou a importância dos povos indígenas no Amazonas, lembrando que essa homenagem deve ser feita a cada família indígena que está nesse estado, fazendo do Amazonas essa imensa riqueza cultural. "É importante se discutir politicas públicas, mas também queremos saber do orçamento público da União, queremos ter acesso. Sabemos que muitos parlamentares aqui dessa casa não gostam dos povos indígenas. Essa homenagem deve servir, inclusive, para alertar essas pessoas da importância que os povos indígenas têm" lembrou.

ARTICULAÇÃO NACIONAL DEFINE PAUTA COMUM DO MOVIMENTO INDÍGENA

Reunido em Brasília desde o dia 17 de abril, o Fórum Nacional de Lideranças Indígenas (FNLI), instância máxima de deliberação da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), divulgou carta pública onde lista as principais demandas do Movimento Indígena junto ao Governo Federal.

O Coordenador da COIAB, Marcos Apurinã, participa do evento representando o movimento indígena amazônico. O Fórum que vai até hoje (20), reúne os dirigentes de organizações regionais indígenas de todo o país para discutirem as principais demandas, perspectivas e estratégias do Movimento Indígena.

O fórum acontece a cada seis meses. Entre outros temas, a pauta do Fórum foi referente a questão da articulação para o Acampamento Terra Livre e a institucionalização da APIB.

Em Brasília, as lideranças indígenas também participaram de reuniões com os Ministros da Saúde e da Justiça, com a presença do presidente da FUNAI, e também com os Deputados Federais da Frente Parlamentar de Apoio aos Povos Indígenas, que será capitaneada pelo deputado Ságuas Moraes (PT-MT). Marcos Apurinã cobrou a participação dos deputados nas discussões sobre as Hidrelétricas e as grandes obras que afetam os povos indígenas. Na reunião com o Ministro da Justiça, o coordenador da COIAB enfatizou a questão da Hidrelétrica de Belo Monte. "Não vamos permitir que essa obra seja construída. Repudiamos esse modelo de desenvolvimento que não respeita os povos indígenas", criticou a liderança Apurinã.

Na ocasião também foram discutidos temas sobre o Estatuto dos Povos Indígenas e a portaria que cria o PNGATI, para que seja assinada ainda esse ano pela presidenta Dilma.

As lideranças reunidas estão finalizando a programação do acampamento, para em seguida combinarem com Paulo Maldos, secretário-geral da Secretaria Nacional de Articulação Social da Presidência da República, sobre a data que a Presidenta Dilma receberá o movimento indígena. O assessor já garantiu que a presidenta irá receber a delegação indígena.

POVOS ISOLADOS EM DEBATE

Seminário realizado na Universidade Federal do Amazonas discute o tema dos povos indígenas em isolamento voluntário. Para falar a respeito dos Awá Guaja no Maranhão, Sonia Guajajara , vice-coordenadora da COIAB explicou a situação desse povo que tem parte de seus parentes vivendo de forma livre e sem contato na Amazônia maranhense. A liberdade dos Awá é ameaçada pelo negócio da madeira ilegal e do avanço do agronegócio em suas terras. Segundo a liderança da COIAB, o modelo de desenvolvimento que é imposto em prol do capitalismo tem prejudicado muito os povos indígenas. "Os povos indígenas lutam para terem seus direitos respeitados, inclusive o direito à vida", enfatizou a guerreira.

O evento também contou com a participação de Kurá Kanamari, que falou da realidade que atinge os povos indígenas isolados no Vale do Javari. "Não há respeito para com os povos indígenas. Nós temos um olhar para o futuro, o governo dos grandes projetos tem que aprender com a gente a cuidar da natureza", disse.

No fim do dia, Sonia Guajajara participou de um debate na TV Amazon SAT, com transmissão internacional para vários países, onde destacou que as políticas públicas para os povos indígenas precisam ser específicas e diferenciadas, considerando a diversidade dos povos.


Saudações indígenas,


DIEGO JANATÃ
Assessor de Comunicação – DRT 936 ma

COIAB - Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira "Unir para organizar, fortalecer para conquistar"
Cel.: +55 92 8206-3415 Fone:+55 92 3184-6567
Skype: caboclodepena
Site: www.coiab.com.br

 
 

 

Voltar

- Copyright 2010- ANAI - Todos os direitos reservados - webmaster@anai.org.br -
Rua das Laranjeiras, n° 26, 1° andar, Pelourinho- CEP: 40026-700
Salvador - Bahia - Brasil
Tel. Fax: 0**71 3321.0259 - Email: anai@anai.org.br
- VONO: 71. 4062.9029 -