Chorrochó e Rodelas na Disputa por Usina Nuclear (A Tarde)
03.04.2011

Nota da Anaí: no município de Rodelas estão territórios do povo indígena Tuxá.

João Pedro Pitombo | A TARDE

O futuro do programa nuclear brasileiro, que prevê a construção de pelo menos quatro novas usinas nucleares no País até 2030, depende apenas de uma definição da presidente Dilma Rousseff. A Eletronuclear - estatal responsável pela operação das usinas nucleares - já concluiu as duas primeiras das quatro etapas dos estudos para definição do local das usinas e depende de uma decisão da presidência para dar prosseguimento às pesquisas. Para abrigar a Central Nuclear no Nordeste, que inicialmente prevê a instalação de duas usinas, foram definidas duas macro-áreas às margens do rio São Francisco. Na Bahia, o cinturão vai desde Juazeiro até o município de Glória. Contudo, apesar de não haver uma definição oficial, os municípios de Rodelas e Chorrochó são apontados como os favoritos na Bahia para abrigar o projeto nuclear.

Os sítios escolhidos favorecem uma possível divisão da central nuclear entre Bahia e Pernambuco. Em Chorrochó, o local escolhido fica no distrito de Barra de Tarrachil, região às margens do Rio São Francisco.
Na outra ponta do rio fica o município pernambucano de Belém do São Francisco. No caso de Rodelas, a área definida também fica nas
proximidades do rio, numa região em que na outra margem está a cidade de Itacuruba, Pernambuco.

De acordo com o coordenador da Eletronuclear no Nordeste, Carlos
Henrique Mariz, o ideal é que se faça uma central com todas as usinas de um só lado do rio. No entanto, ele garante que não está descartada uma gestão compartilhada entre dois estados. Claro que existe uma preferência em fazer a central em uma só margem, por questões de economicidade. Mas podemos fazer uma usina em um lado e a outra no outro" , explica.

Com investimento previsto de R$ 10 bilhões por cada usina, o Complexo Nuclear do Nordeste deverá ficar num espaço capaz de abrigar até seis usinas nucleares. O objetivo é garantir um local com possibilidade de expansão futura do número de reatores.


http://www.atarde.com.br/economia/noticia.jsf?id=5706577

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 

 

Voltar

- Copyright 2010- ANAI - Todos os direitos reservados - webmaster@anai.org.br -
Rua das Laranjeiras, n° 26, 1° andar, Pelourinho- CEP: 40026-700
Salvador - Bahia - Brasil
Tel. Fax: 0**71 3321.0259 - Email: anai@anai.org.br
- VONO: 71. 4062.9029 -