ESTUDANTES INDÍGENAS SOFREM DISCRIMINAÇÃO EM ESCOLA MUNICIPAL DE GLÓRIA
22.03.2011

Já no início do semestre letivo, estudantes do povo Pancararé matriculados na sexta série da Escola Dionísio Pereira de Souza, do município de Glória, sofreram discriminação ao ser impedidos de assistir aulas, retirados da sala e obrigados a permanecer no corredor pela própria diretora do estabelecimento, Sra. Telma.

A alegação da direção do estabelecimento, mantida nos dias seguintes também por uma substituta da diretora, conhecida por Tati, foi de que a quinta série cursada pelos estudantes indígenas na Escola Indígena Ângelo Pereira Xavier não teria validade.

A Secretaria de Educação da Bahia informa, através de sua Coordenação de Educação Escolar Indígena (Ceei), que a quinta série implantada no ano anterior na escola indígena está perfeitamente regular.

Ainda que não o estivesse, nada justificaria a atitude de racismo e preconceito perpetrada por uma instituição municipal de ensino contra estudantes indígenas.

Já a 18 de fevereiro último, cacique, coordenadora pedagógica indígena e representante pancararé no Copiba (Conselho dos Povos Indígenas da Bahia) oficiaram à Funai e demais autoridades denunciando o fato e exigindo a sua devida apuração.

As autoridades municipais do município de Glória têm cometido vários atos de discriminação contra o povo Pancararé, sobretudo contra a educação escolar indígena, por estarem os Pancararé pleiteando, há mais de dois anos, a estadualização de suas escolas - o que está de acordo com recomendação do Conselho Nacional de Educação - que estão totalmente dessassistidas pelo município.

A Anaí junta-se ao clamor do povo Pancararé para que o Ministério Público Federal apure, com o rigor e a urgência exigidos pelo caso, os episódios de racismo e preconceito ocorridos na Escola Municipal Dionísio Pereira de Souza, e assuma a mediação das negociações necessárias para que se instalem escolas estaduais na Terra Indígena
Pancararé.


Salvador, 21 de março de 2011


José Augusto Sampaio
Coordenador Executivo Interino

ANAÍ - Associação Nacional de Ação Indigenista
Rua das Laranjeiras, 26, 1º andar, Pelourinho
40026-230 Salvador, Bahia
Telefax: (71)3321-0259; 'email': anai@anai.org.br
CNPJ 13.100.342/0001-25

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 

 

Voltar

- Copyright 2010- ANAI - Todos os direitos reservados - webmaster@anai.org.br -
Rua das Laranjeiras, n° 26, 1° andar, Pelourinho- CEP: 40026-700
Salvador - Bahia - Brasil
Tel. Fax: 0**71 3321.0259 - Email: anai@anai.org.br
- VONO: 71. 4062.9029 -