Irrigação na Aldeia Bahetá
24.02.11

Reginaldo Ramos dos Santos, Cacique

De: AIHAB Associação Indigena Hã Hã Hãe da Aldeia Bahetá
Data: Quinta, 24 de Fevereiro de 2011 20:52
Assunto: IRRIGAÇÃO NA ALDEIA BAHETÁ

Com aproximadamente 300 habitantes, a Aldeia Indígena Bahetá, localizada no municipio de Itaju do Colônia, na região Sul da Bahia, é composta de uma população de baixa renda, com alto índice de desemprego e baixo índice de desenvolvimento humano. Diante disso, considerando as condições sócio-econômicas da comunidade e sua influência no acesso a uma alimentação de qualidade e em quantidade suficiente, esta proposta tem como objetivo principal desenvolver uma estratégia para contribuir à promoção da segurança alimentar e nutricional e da cidadania por meio da oferta de alimentos a preços acessíveis e pela geração de emprego e renda, além de fortalecer a agricultura local.

Em relação às famílias desta comunidade, sua maioria não possui núcleo familiar completo ou têm membros trabalhando informalmente, o que dificulta a aquisição de uma renda mensal regular. Havendo ainda os casos em que os índios empregados recebem salários abaixo do mínimo legal.

Neste sentido, investir numa Roça Irrigada, além de promover o associativismo da comunidade envolvida, contribuirá significativamente para o desenvolvimento sócio-econômico e conseqüentemente para a melhoria da situação de Segurança Alimentar e Nutricional da população local.

Além de oferecer todas essas melhorias sociais já conhecidas, a implantação dessa proposta terá grande importância econômica no município, promovendo a revitalização das feiras livres municipais, bem como na articulação com diversos programas de aquisição e distribuição de alimentos, bem como na comercialização destes, fortalecendo a educação alimentar e nutricional, inseridas no contexto de vários programas sociais. A Roça Irrigada deve sedimentar o trabalho coletivo, de forma cooperativada com a perspectiva de convivimento em regime de agricultura familiar, fazendo parte de espaços de convivência social, com a realização de atividades de educação alimentar e nutricional para o consumo, para a saúde, devendo a comunidade ser necessariamente envolvida na sua gestão.

É nessa perspectiva que a implantação da Roça Irrigada tem como objetivo geral a produção de alimentos como um dos componentes de acesso e disponibilidade dos mesmos, sendo instrumento e forma de ação social voltada a enfrentar as situações emergenciais de fome que afetam os chamados grupos vulneráveis (crianças, idosos, gestantes, incapacitados, etc.) considerando o papel da produção, para autoconsumo familiar. A Roça Irrigada deve igualmente propiciar a oportunidade de trabalho e apropriação de renda, bem como ampliar e melhorar a oferta de alimentos no âmbito da aldeia e do município.

Desta forma, está proposta constitui-se na implantação da Roça Irrigada na Aldeia Bahetá, proposta essa que encontra se em tramitação na SEDES BAHIA com numero de protocolo 40202, mas porém desde o dia 28 de setembro de 2010 que o SIAA despachou para analise e parecer técnico.
Estamos frustrados.. pois até os dias de hoje não obtivemos nenhuma
resposta pelo SIAA.


Reginaldo Ramos dos Santos
Cacique da Aldeia Bahetá

 

 
 

 

Voltar

- Copyright 2010- ANAI - Todos os direitos reservados - webmaster@anai.org.br -
Rua das Laranjeiras, n° 26, 1° andar, Pelourinho- CEP: 40026-700
Salvador - Bahia - Brasil
Tel. Fax: 0**71 3321.0259 - Email: anai@anai.org.br
- VONO: 71. 4062.9029 -